Ante o medo diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) espalhado por todo o mundo, atitudes de empatia e generosidade por parte de pessoas e empresas fazem diferença e aumentam esperanças.

Confira a seguir algumas dessas boas iniciativas! 

Montadoras de Veículos produzirão ventiladores e respiradores

Montadoras e autoridades se preparam para utilizar fábricas paradas para produzir produtos que combatem a epidemia de coronavírus e estejam em falta nos hospitais,  segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Uma das opções, seria utilizar as impressoras 3D para produzir peças de ventiladores e respiradores, que depois seriam montados por empresas especializadas. No Reino Unido, a Jaguar, Land Rover e a Rolls-Royce produzirão 20 mil respiradores mecânicos para o sistema de saúde do país. Na Alemanha, a Volkswagen informou que vai atender o pedido do governo, que solicitou ajuda às montadoras, e criou uma força-tarefa internacional para explorar opções.

A Udemy liberou 40 cursos gratuitos na área de programação e tecnologia 

 A Udemy é uma plataforma de curso online para quem deseja estudar sem sair de casa.

Amazon

A Amazon bloqueou preços abusivos de produtos de higiene e liberou mais de 100 títulos de e-book para baixar grátis.

Sites de notícias

Como o Super Interessante, liberaram conteúdos sobre o coronavírus de graça.

Artistas

Fazem shows ao vivo em casa e divertem os fãs.

Vários artistas cancelaram shows prometendo datas posteriores como Marília Mendonça, Backstreet Boys e BTS. Mas, para a alegria dos fãs, eles têm feito os shows em casa mesmo e a interação tem sido muito boa. 

Tem até festival @festivalemcasa.

Canais de filmes e desenhos livres

Algumas TVs por assinatura como Sky, Claro e Oi liberaram canais fechados de séries, filmes, esporte e noticiários.

AMBEV

A AMBEV está produzindo 500 mil unidades de álcool em gel para doar a hospitais público. “A produção de meio milhão de unidades será toda doada para hospitais públicos das cidades mais atingidas pelo COVID-19, para que não falte a ninguém. Esta foi uma das formas que encontramos de ajudar neste momento onde toda solidariedade faz diferença”, anunciaram.

Redes de Supermercado

Algumas redes de Supermercado, como o Pão de Açúcar, estão priorizando pedidos e entregas para as pessoas idosas, que fazem parte do grupo de risco do coronavírus.

Facebook

O Facebook anunciou a doação de US$ 100 milhões para pequenas empresas.

A empresa anunciou que planeja conceder 100 milhões de dólares em doações em dinheiro e créditos de anúncios para até 30 mil pequenas empresas em mais de 30 países.

“Ouvimos pequenas empresas para entender como podemos ajudá-las. Ouvimos alto e claro que o apoio financeiro pode permitir que as empresas mantenham as luzes acesas e paguem as pessoas que não podem trabalhar”, disse o vice-presidente de operações do Facebook Sheryl Sandberg, acrescentando que também facilitarão o treinamento e o suporte para pequenas empresas.

iFood

O iFood vai destinar 50 milhões de reais do seu faturamento a um fundo de assistência a restaurantes, com foco especial nos pequenos estabelecimentos locais e um fundo de R$1 milhão para dar suporte a entregadores que precisarem se ausentar por ter sido contaminado com o Coronavírus.

Burger King

Burger King irá doar parte da receita para o SUS. 

Expectativa é de que ao menos 1 milhão de reais sejam doados.

Operadora Vivo

Vivo dará bônus de internet no celular por dois meses para todos os clientes.

A Telefônica, dona da Vivo, anunciou o bônus na terça-feira (17). Em nota, a empresa diz que tem reforçado a capacidade de transmissão de dados de suas redes móvel e fixa e que “está preparada para este momento”.

Se cada um de nós se concentrar em FAZER O SEU MELHOR, nesse momento tão delicado que todos – sem exceção – temos enfrentado, certamente, sairemos melhores disso tudo. 

Como costumamos dizer por aqui, JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

Quer receber mais conteúdos como esse? Deixe seu e-mail e não perca nenhuma de nossas atualizações: