Os plásticos em suas formas naturais podem ser transparentes, brancos ou amarelados, a cor final de cada produto fica mesmo por conta do masterbatch.

Utilizados para dar cor às peças produzidas na indústria do plástico, os masterbatches – concentrado de cores resultante da mistura de pigmentos e aditivos – estão em alta no mercado devido, principalmente, à crescente demanda por plásticos coloridos utilizados em produtos de uso final, como embalagens e bens de consumo, o que abre espaço para o lançamento de novas tecnologias. A seguir, preparamos outras informações sobre esse importante produto.

Precisa de um orçamento?

Preencha o formulário abaixo e aguarde o contato de nossa equipe.

QUERO UM ORÇAMENTO

Master e Pigmento

Antes de mais nada, é preciso explicar a diferença entre masterbatch e pigmento.

Masterbatch

É um composto plástico formado por um concentrado de pigmentos e/ou aditivos diversos, em forma de grãos, utilizado para colorir e/ou incorporar outras propriedades à resina termoplástica desejada. 

Um veículo polimérico com grande quantidade de colorante incorporado – sendo esse colorante, geralmente, um pigmento em pó. Pode, ainda, conter aditivos que facilitam o processamento, conferem propriedades como estabilidade térmica, proteção à radiação ultravioleta (UV), resistência à propagação de chamas, efeito bactericida, dissipação de calor e condutividade elétrica e térmica.

Pigmento

Normalmente encontrado na forma de pó, são mais utilizados no processo de extrusão para a produção de material granulado, inclusive para a própria produção de masterbatch de cor. 

É um produto mais barato em relação ao master, porém tem a desvantagem de deixar seu rastro de pó por onde passa, ocasionando grande perda de tempo na limpeza dos equipamentos. 

Propriedades do masterbatch

Masterbatch é um composto de resina plástica combinado com diferentes produtos como pigmentos, corantes, aditivos, cargas minerais, entre outros. 

Normalmente indicado para adicionar ou modificar a cor das resinas termoplásticas, ao ser combinado com aditivos o masterbatch oferece benefícios que vão muito além da coloração, conforme dissemos acima. 

Usado na fabricação de diversos componentes e produtos que chegam ao consumidor final, como fios e cabos, embalagens em geral, filmes agrícolas, descartáveis, construção civil, bens de consumo e automóveis, esse concentrado é o mais utilizado pela indústria, não apenas pela alta qualidade alcançada, mas também por se adaptar a diferentes processos de transformação do plástico, como extrusão de filme, perfil, chapas e outros. 

A personalização de produtos se torna possível devido à possibilidade de processamento que o masterbatch oferece. O resultado é um melhor desempenho no produto final a partir das diferentes combinações desses produtos.

Composição e características do masterbatch

A produção de um masterbatch é composta, basicamente, por colorantes; veículo polimérico (compatível com a resina onde será aplicado) e aditivos (que auxiliam no processo produtivo ou adicionam determinadas propriedades ao produto final).

Também importam nesse processo: 

  • Pesagem: são pesados em balanças de alta precisão e têm uma mistura física que visa garantir sua homogeneidade.
  • Dosagem: a dosagem pode ser feita de forma manual ou por meio de dosadoras especiais.
  • Incorporação: sua incorporação ao composto envolve a fusão, plastificação e atrito da mistura, fazendo com que se homogenize e disperse os colorantes e aditivos na mistura.
  • Extrusão/granulação: é feita diretamente no equipamento de incorporação ou em extrusoras simples, dando ao concentrado uma forma física trabalhável.

Aplicações mais comuns

As aplicações do masterbatch são bastante diversas, entre as mais comuns estão: extrusão, injeção e rotomoldagem, ainda que existam outros usos possíveis no mercado.

No mercado de extrusão, os produtores costumam usar o masterbatch na produção de perfis plásticos e extrusão de filme. Já o segmento de injeção abarca uma das maiores fatias desse mercado, com a produção de peças plásticas, por exemplo, para indústria automotiva. 

Quanto ao processo de rotomoldagem, este permite que sejam produzidas desde peças para implementos agrícolas até brinquedos. Em geral, trata-se de um material muito versátil em seu uso e aplicação.

Considerando que há diversas opções de masterbatch disponíveis no mercado, é importante conhecer mais sobre o produto, sua aplicação e as alternativas indicadas para cada negócio.

Dentre os principais tipos de masterbatch utilizados no mercado estão os brancos, pretos, coloridos e os de aditivos compostos de carga. Além do formato em grãos, há também o masterbatch líquido, que consiste em uma mistura personalizada de aditivos e pigmentos em forma líquida.

Sendo um composto de resina plástica combinado com diferentes produtos, cujo objetivo sempre está relacionado à aplicação final do termoplástico, é importante dizer que é bastante comum que os produtos finais fabricados com o uso do masterbatch sejam mais processáveis e até mesmo mais resistentes.

Tendências tecnológicas com o uso do masterbatch

Visando atender diferentes necessidades de âmbito nacional, as tecnologias voltadas ao desenvolvimento de masterbatches tem crescido e novas soluções surgem a todo momento. Um bom exemplo disso são os concentrados indicadores de índice UV e os térmicos.

O masterbatch com índice UV, resultam em produtos recomendados para uso em lugares abertos nos quais a incidência de raios UV mereça atenção. Por exemplo, a aplicação em braceletes para crianças usarem ao brincarem ao sol. Dependendo da intensidade dos raios UV, o bracelete mudará de cor, e os pais, fazendo contato visual, saberão quão forte os raios estão para seus filhos naquele local.

Já o masterbatch térmico pode ser de dois tipos: termocrômicos e termosensíveis. O termocrômico muda de cor para indicar temperaturas negativas, ou seja, pode ser usado por termoplásticos que serão acondicionados em frigoríficos e congeladores, como um pote de sorvete, etc. E o termossensível registra temperaturas positivas, podendo ser instalado em termoplásticos que entrarão em contato com calor, como forno e fogão, forno micro-ondas, cabos e fios elétricos, etc.

Outra tendência tecnológica a ser destacada com relação ao masterbatch é o uso de materiais feitos a partir de fontes renováveis e biodegradáveis, focados, principalmente, na redução do impacto ambiental.

Considerando a necessidade de substituir o uso de pigmentos com metais pesados, como cádmio, cromo e chumbo, por pigmentos e corantes orgânicos com bom desempenho, o masterbatch é hoje uma solução sustentável e requisitada, dada a crescente preocupação do mercado com os impactos produtivos no meio ambiente.

O masterbatch branco da Valmaster|B faz parte do portfólio de produtos oferecidos pela Mais Polímeros, indicado para ser usado como corante plástico de alta performance, com ótima capacidade de dispersão e poder de cobertura, garantindo boa aparência à peça. Fale com nossa equipe comercial e técnicos para obter mais informações sobre esse produtos. 

Precisa de um orçamento?

Preencha o formulário abaixo e aguarde o contato de nossa equipe.