A movimentação física de cargas e mercadorias é parte intrínseca à operação empresarial e envolve processos complexos e desafios diários. Contar com uma gestão de transporte eficaz implica em maior agilidade e economia, elementos que cooperam em muito para o bom funcionamento do negócio.

Além disso, uma boa gestão logística permite, ainda, o controle de despesas fixas e variáveis – como abastecimentos, manutenção preventiva e periódica, desgaste de pneus, etc – e o monitoramento em tempo real de toda a operação que envolve a movimentação de mercadorias.

Importância e funcionamento

Grande parte das despesas de uma empresa com logística são destinadas ao transporte. Podemos ver sua importância ao notar a quantidade de caminhões que percorrem as estradas brasileiras – principal modal utilizado no país. De acordo com a Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT), cerca de 60% dos transportes no Brasil são realizados pelas rodovias.

Uma movimentação eficiente de cargas e mercadorias engloba diversos fatores e práticas, como por exemplo: um sistema de distribuição eficaz, controle de estoque, centros de distribuição e galpões bem localizados, frota moderna de veículos, manutenção e mão de obra. Sendo assim, existem muitas variáveis internas e externas que podem prejudicar o bom desempenho empresarial. Os profissionais ligados a gestão de transporte precisam estar atentos e atualizados quanto as metodologias disponíveis para o crescimento sustentável e tecnologias que possam se tornar aliadas.

Dicas para uma boa Gestão de Transporte

Primeiramente, se sua empresa for utilizar um serviço terceirizado, esteja muito atento no momento da escolha dessa parceria – analise  valores, qualidade, portfolio, etc.

Se optar por ter sua própria equipe, certifique-se de oferecer treinamento adequado visando maior eficiência e agilidade nos processos. Uma ideia é definir metas para motivar os funcionários, utilizando indicadores sólidos de desempenho.

Faça um bom planejamento envolvendo o setor logístico e tenha em mãos dados concretos quanto ao faturamento médio de cada cliente, ticket médio dos fretes, custo do combustível e média de consumo dos veículos da frota. Analisar a fundo essas informações do negócio te permitirá criar planos de curto, médio e longo prazo.

Também é importante pensar em investimentos para modernização da frota e nos demais fatores que interferem em seu bom funcionamento, bem como na capacitação dos colaboradores. Estar atualizado em relação as novidades do seu mercado é essencial para evitar que o negócio se torne obsoleto, além disso colocar em prática a gestão de riscos ajudará a evitar e prevenir adversidades.

Identifique os melhores métodos de armazenamento, separação de pedidos, preparo e envio de mercadorias e melhores rotas. Esteja atento as novas tecnologias para a gestão de transportes, elas possibilitarão acesso a dados precisos, bem como organização e agilidade de processos. Jamais deixe de prestar atenção ao feedback dos seus clientes, assim haverá tempo para investir e/ou trocar a estratégia.

Conclusão

Como vimos até aqui, o sucesso no resultado da movimentação de cargas e mercadorias envolve inúmeros fatores, internos e externos, que podem influenciar no funcionamento e sucesso do seu negócio. Para que suas entregas sejam rápidas e dentro do prazo previsto é fundamental avaliar e monitorar, continuamente, o andamento da gestão de transporte aliada a gestão de qualidade.

Essas atividades são focos constante de atenção na Mais Polímeros por entendermos que elas impactam, diretamente, na satisfação dos nossos clientes. Contamos com uma gestão de distribuição eficiente, que nos permite programar nossas entregas com segurança e agilidade, dentro da necessidade de cada cliente. Com nosso estoque, você pode programar a data e o local de recebimento dos seus pedidos. Tranquilidade que só uma forte parceria pode oferecer ao seu negócio!

Assine nossa newsletter e receba outros conteúdos como este.