Por reciclagem se entende o processo em que há uma transformação do resíduo sólido que não poderia ser aproveitado, com mudanças em seus estados físico, físico-químico ou biológico. Atribuindo a esse resíduo características para que se torne, novamente, matéria-prima ou produto.

Como a reciclagem consiste em reprocessar um item, ela é diferente da reutilização (em que há apenas a utilização deste item para outra função) e da redução (que consiste em diminuir o consumo de determinados produtos).

No caso dos plásticos, um dos produtos mais utilizados pelas sociedades modernas espalhadas pelo globo, há tempos a reciclagem já é uma realidade e todos sabem da sua importância. A seguir explicaremos um pouco sobre o processo de reciclagem dos plásticos e os principais pontos positivos desta ação. Nos acompanhe nessa leitura!

Os plásticos e sua importância no dia a dia

É evidente que os plásticos possuem um papel importante no nosso dia a dia. Quase tudo que utilizamos possui algum tipo de plástico em sua composição: computadores, celulares, embalagens, calçados, automóveis, roupas, brinquedos, etc.

Os plásticos possuem características que o colocam à frente de outros materiais: impermeabilidade, maleabilidade, durabilidade e excelente relação custo/benefício. Além disso, também contribuem – e muito – para o desenvolvimento social, econômico e científico.

Veja aqui todos os impactos da Indústria de Plásticos no nosso dia a dia

Além das vantajosas propriedades mencionadas acima, os plásticos ainda podem ser reciclados e reutilizados. A reciclagem do plástico permite a fabricação de milhares de outros produtos.

A cadeia produtiva dos plásticos caminha juntamente com o desenvolvimento sustentável, ajudando na conservação dos recursos naturais, melhorando a qualidade de vida das pessoas e contribuindo para o crescimento econômico.

Os tipos de plásticos e suas possibilidades de reciclagem

Os objetos plásticos são produzidos a partir de resinas plásticas derivadas do petróleo e que pertencem ao grupo dos polímeros (moléculas grandes, com características especiais e variadas). Além disso, os plásticos são divididos em dois grupos – termoplásticos e termorrígidos – de acordo com características de fusão/derretimento.

Baixe nosso e-book e saiba tudo sobre os tipos de plásticos.

Os termoplásticos são aqueles que amolecem ao serem aquecidos, podendo ser moldados, e quando resfriados ficam sólidos e tomam uma nova forma. Esse processo pode ser repetido várias vezes. Por esse motivo, os termoplásticos correspondem a 80% do plástico consumido e, a boa notícia, é que entram para a cadeia de reciclagem. Os plásticos mais conhecidos desse grupo são o polipropileno (PP) e polietileno (PE).

As etapas do processo de reciclagem de plásticos

A cadeia produtiva da reciclagem de plásticos começa com o consumidor, que deve separar e entregar as embalagens ou produtos plásticos para a coleta seletiva ou aos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs). De lá, o material é recolhido pelos catadores e cooperativas e levado para os Centros de Triagem, onde cada produto é separado pelo tipo de resina. Para tanto, os produtos recebem essa numeração de 1 a 7, que auxilia na identificação, no momento da triagem:

  1. PET
  2. PEAD
  3. PVC
  4. PEBD
  5. PP
  6. PS
  7. OUTROS

Feita a triagem, cada grupo de material é levado para as recicladoras.

Na reciclagem mecânica, que é a mais comum para os materiais plásticos pós-consumo, os resíduos passam por quatro etapas:

  • Fragmentação (moagem): os resíduos são levados para um moinho, onde são reduzidos;
  • Lavagem e Separação: os fragmentos (comumente chamados de “flakes”) são lavados com água e a separação é feita pela diferença de densidades, ou seja, os materiais mais densos afundam e os menos densos ficam na superfície;
  • Secagem: os flakes separados são secos em grandes secadores, com circulação de ar quente;
  • Extrusão: os flakes secos são alimentados em uma máquina extrusora, onde são fundidos por aquecimento e levados por uma rosca sem fim à uma matriz, onde são formados os filamentos contínuos (comumente chamados de “espaguetes”), que são resfriados em uma banheira com água à temperatura ambiente e cortados em uma granuladora, formando os grânulos de material plástico reciclado que são embalados.

Processo Reciclagem de Plásticos

As recicladoras enviam a matéria-prima para as indústrias de transformação – os chamados “Transformadores” da Cadeia produtiva do Plástico. O Transformadores, então, desenvolvem novos produtos para auxiliar nossas vidas e com isso trazem soluções inovadoras para todos os setores da indústria.

A importância da reciclagem dos plásticos

A reciclagem de plásticos é de extrema importância para o meio ambiente. Quando reciclamos o plástico ou compramos plástico reciclado, estamos contribuindo para que este material deixe de se alojar em aterros sanitários ou na natureza, poluindo rios, lagos, solos e matas.

Também não podemos esquecer que a reciclagem dos plásticos gera renda para milhares de pessoas no Brasil, que atuam, principalmente, em empresas e cooperativas de catadores e recicladores de materiais reciclados.

Por esses e outros motivos, é de suma importância que estejamos cientes de como funciona e como podemos contribuir para a reciclagem do plástico, esse material tão fundamental na nossa rotina e que pode ser reaproveitado de diversas maneiras.

Para receber mais notícias e outros conteúdos inscreva-se em nossa newsletter.